Esmalte da Semana: Ibiza

30/Oct/14 em Esmalte da semana

Na ultima semana de Outubro Rosa, escolhi uma rosa mais vivo que nunca, para celebrar a vida! O esmalte escolhido para essa semana foi o Ibiza da Anita.

Apesar de não ter tido a primeira experiência muito boa com a marca, as outras 2 ou 3 que tive, foram super acertivas. É um esmalte teoricamente fácil de esmaltar e limpar e dura bastante. Vamos ver como foi com este?!

- Textura: cremoso e um pouquinho perolado. Nota: 5.0

- Cor: elé é um super pink and fluo. Nas unhas, assim como no frasquinho, o perolado é bem discreto. A cor també é bem fiel ao vidrinho. Nota: 5.0

- Facilidade para passar: fácil de passar e de limpar! Nota: 5.0

- Cobertura: boa, a primeira camada já fica quase uniforme, mas é necessária, a segunda camada para ficar perfeito.  Nota: 4.5

-  Durabilidade: passei no sábado e está intacto até hoje. Não saiu nenhuma pontinha. Até agora durou 5 dias. achei excelente. Usei o Top Coat Colorstay da Revlon para finalizar. Nota: 5.0

Nota Final: 4.9. Clap, clap, clap!! Nota excelente, né?! Lembrando que a nota máxima é 5.0

ibiza

E vcs, qual escolheram para essa semana?

Beijos

Meu look: Floral com fundo escuro

29/Oct/14 em Look

Ha alguns dias atrás, fui convidada para um evento da Paypal e da Farfetch para conhecer as novidades das marcas e também conhecer um pouco das tendencias que estão por vir. O evento aconteceu no Chez Oscar, um restaurante aqui em SP, na Rua Oscar Freire. O restaurante é lindo. Eu já estava querendo ir para conhecer e fiquei encantada.

Para este dia, escolhi um look super fresco e confortável. Foi um dia super quente em SP e vocês verão o resultado desse calor no meu cabelo… hahaha. Meu cabelo chegou totalmente minguado no evento. Humpf!

Comecei o look pela saia que estou apaixonada {já está saindo andando sozinha}. Ela é floral com fundo escuro {azul marinho} com peplum na barra. Deixa o look super romântico e feminino. Vocês já devem saber que é a minha cara, né?! Para combinar, escolhi uma regata coral e uma bolsa azul claro. Para os pés, nada mais confortável que uma sapatilha fofa, também azul marinho.

PAY_0019PAY_0022 PAY_0024PAY_0076Regata: Mixed para C&A

Saia: PatBo para C&A

Bolsa: Celine

Fotos: Mario Moreira

E ai, gostaram?

Beijos

Dica de Leitura: Eu sou Malala

28/Oct/14 em Livros

Essa tag anda sumida por aqui, né?! E vou dizer que nem é tanto por falta de livros para colocar aqui, mas é que tenho tantos assuntos para dividir com vocês, que acabei esquecendo dos livros.

O livro escolhido para hojé é Eu Sou Malala. Comecei a ler e não queria mais desgrudar. Ao mesmo tempo quando foi chegando perto do final, não queria que acabasse… Queria continuar  sendo “amiga”de Malala. Li, sofre e me emocionei em cada capitulo do livro com ela, me senti realmente próxima dela.

O livro conta a historia real de Malala, uma menina paquistanesa que luta pelo direito de estudar e também condição feminina perante ao Talibã. Faz tudo isso com um amor imensurável! Não mede perigos, riscos a vida dela. Só pensa em deixar um mundo melhor, principalmente para as mulheres que são as mais sofrem com o islamismo fundamentalista manipulado pelo Talibã.

Malala conta com o apoio da família e sua inspiração sempre foi seu pai. A mãe a apoia, mas tem medos reais, que toda mãe teria, principalmente de perder sua filha para o Talibã.

IMG_5743

A sinopse do livro: Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida.  Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz.
Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens.
O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã.
Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo Ocidente.
“Sentar numa cadeira, ler meus livros rodeada pelos meus amigos é um direito meu”, ela diz numa das últimas passagens do livro. A história de Malala renova a crença na capacidade de uma pessoa de inspirar e modificar o mundo.

É um livro que recomendo para todos, principalmente para as mulheres ociednetais. Eu nunca fui no Paquistão, aliás nunca fui no Oriente, onde a diversidade cultural é ampla e completamente diferente do que vemos por aqui. Acho que saber sobre elas é essecial para o nosso desenvolvimento com ser humano.

Para quem ainda não leu, corre já para a livraria e garanta o seu! Tenho certeza que não vão se arrepender! :)

Ah, e depois voltem para me contar! Quem já leu, deixa comentarios para mim! Quero muito saber o que acharam.

Beijos